Bemdito

America is back

O que os símbolos sutis do primeiro dia da Cúpula do Clima de Joe Biden revelam sobre o realinhamento americano pós-Trump
POR Simone Mayara

O que os símbolos sutis do primeiro dia da Cúpula do Clima de Joe Biden revelam sobre o realinhamento americano pós-Trump

Simone Mayara
simonempf@gmail.com

Nesta quinta feira, 22, começou a Cúpula do Clima, reunião de líderes promovida pelos Estados Unidos e realizada remotamente para debater a agenda ambiental. O evento terá a duração de dois dias. Na primeira manhã, seguindo o horário de Brasília, foi o momento dos chefes de Estado do mundo falarem. Os olhos do mundo se viraram para o evento que serve muito mais como apresentação dos resultados e carta de intenções das ações climáticas. Como todo evento diplomático, o cerimonial é fundamental e deve ser observado pelos olhos atentos que captam além do que é dito.

O presidente americano Joe Biden fez questão de dar palavra e holofote para Kama Harris, sua vice. Fundamental para sua eleição, Kamala representa toda a força identitária e de modernidade de seu mandato. Além disso, a saída do presidente logo antes da fala do representante Argentino e a mudança na ordem anunciada inicialmente, deixando o presidente brasileiro para o final, foi recebida por Brasília como evidência de um rebaixamento.

Pode ser um recado sutil, ou apenas sinal de desorganização. O que chama a atenção é o quadro geral. Evento organizado pelos EUA e que, na transmissão em quadro aberto, mostrava Joe Biden ao centro, ladeado por sua vice e secretários, em frente a um telão onde os outros líderes do mundo vinham prestar contas.

Com propostas interventoras e o risco de sanções econômicas a quem não cumprir a cartilha verde americana, Biden ouviu promessas com os números almejados praticamente idênticos aos estabelecidos pelos EUA. O poder brando foi exercido com maestria no evento que acaba de começar.

Para quem ainda estava em dúvida sobre a retomada de protagonismo global depois do bombardeio na Síria com apenas 20 dias de governo, não fique mais: America is back! E todos estão aplaudindo.

Simone Mayara é Analista Política no Instituto Livre Mercado. Pode ser encontrada no Instagram.

Simone Mayara

Analista política, é especialista em Direito Internacional e mestranda em Direito Constitucional e Teoria Política. Atualmente é analista política no Instituto Livre Mercado.