Bemdito

O léxico íntimo de termos impronunciáveis

Foto: Reprodução (Elena - Petra Costa)

O que aprendi sobre palavras entaladas com as miudezas cotidianas escritas por Natalia Ginzburg

Domingos brilham como ocasiões especiais

Excepcionalidade dos acontecimentos é estar vivo para ver o brilho de se endomingar em meio aos ritos cotidianos

Mostrar-me ao cobrir-me

Danaë and the Shower of Gold (Adolf Ulrik Wertmüller)

No exercício de estar na própria companhia, vestir-se e despir-se por um sem-número de horas é explorar a si, internamente, além do próprio corpo

As tranças, o cabelo, as mãos e a mãe

Self Portrait with Braid (Frida Kahlo)

As habilidades e inabilidades manuais que nos conectam afetivamente no seio familiar

Coisas que andam a se desfazer

Foto: Acervo The Metropolitan Museum of Art

Quando a poeira do tempo se acumula nas coisas, em nós e nos cantos

Um sujinho colorido nos olhos

Como o uso do delineador em uma ida ao mercantil me conecta com as várias alices, outrora esquecidas, que me habitam

Escapando me encontro

O que a rotina nos diz sobre as microficções que criamos para ajudar a atravessar os dias

Apego

Sim, é preciso consumir menos e melhor, mas aqui deixo uma provocação: que tal aceitar e acolher o apego também?

Veja Multiuso ou do que faz nossa casa nossa

Sobre a mistura dos cheiros, tempos e movimentos comuns a todo lar

publicado
Categorizado como Missivas

Uma semana longe

A roupa se impõe aos dias feito brechas e automatismos cotidianos mesmo em dias de incerteza

publicado
Categorizado como Missivas