Bemdito

Marcelo Queiroga, o quase-ministro

Foto: Jefferson RudyAgência Senado

Depois de Mandetta, Teich e Pazuello, o médico Marcelo Queiroga assume a pasta da Saúde e já inicia seus trabalhos como amaldiçoado

Sem cadastro, sem vacina

HELENE SANTOS/GOV. DO CEARA

A estratégia de vacinação por agendamento tem vantagens logísticas, mas pode burocratizar e excluir os mais vulneráveis do acesso ao imunizante

Os generais e a desonra

Ao deixar de punir Pazuello, uma instituição como as Forças Armadas, que gosta de falar em honra e heroísmo, dobrou-se à indignidade

Jovem, altiva e assertiva

Jefferson Rudy / Agência Senado

A médica Luana Araújo prova que segurança, boa formação e altivez são remédios poderosos contra a misoginia e o negacionismo

O jardim em páginas

Uma lista de recomendação de leituras sobre a arte de contemplar as plantas e os jardins

Bemdito: o agora

Como chegamos até aqui e, principalmente, o que nos motivou a embarcar no Bemdito em plena maré alta

A falácia da autonomia médica irrestrita

A medical practitioner examining a urine flask (Cornelies de Bie)

Ignorar o consenso para prescrever com fundamento na autonomia seria como defender que o médico tem liberdade para matar

É proibido mentir, mas se quiser pode

Fernando Frazão/Agencia Brasil

Sentindo-se frustrado com os rumos da CPI da Pandemia? Existem explicações para o cheiro de pizza que começamos a sentir

Liberdade para incomodar

Em entrevista ao Bemdito, Conrado Hübner Mendes conversa sobre liberdade de expressão, intimidação política e exercício de crítica

De todos os riscos, o mais grave é o tédio

Imagem: Henri Cartier-Bresson

A sensação de tristeza e desvigor é geral. Um ensaio sobre a Weltschmerz que nos assombra e sobre a rota de fuga da melancolia