Bemdito

Por que deixei de ser “evangélico”

Brasília - O pastor Silas Malafaia durante audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado, para debater o projeto de lei da Câmara que estabelece punições para quem discriminar homossexuais

O desencanto com a religião que se alinhou ao acúmulo de riqueza, à expropriação violenta da terra, ao colonialismo e às assimetrias de raça, classe e gênero

A rua como casa

O lugar sagrado para o batismo em momentos de morte, sepultamento e redenção

Lições de um sobrevivente

Nighthawks (Edward Hopper)

Respire, encare, parta pra cima da vida, abrace o seu destino e vá até o final só pra saber no que vai dar

De onde venho, nada é pra sempre

Foto: Conor Samuel

Em um término de relacionamento, o luto pode até se recusar a acabar, mas uma hora passa

Eu já fui feliz um dia

Foto: Joshua Coleman

Em meio ao caos, o alheamento no universo da ignorância e do amor tem gosto de dia feliz

O dia em que a armadura pesou

Era a dor que eu queria que cessasse, mas nunca quis morrer – se quiser sobreviver, seja forte

O Moloque-mercado vai devorar nossos filhos

O que Moloque, ídolo cananeu da Bíblia, e o mercado têm em comum na sanha pela multiplicação da riqueza privada que compromete as próximas gerações

Sepultando o amor

No amor e na política, você tem que sujar as mãos

A santa que salvou minha vida

Foto: Abel Marquez

Quando o amor não circunscreve os ritos e dogmas religiosos, mas ultrapassa os limites da moral cristã

Afinal, quem pode ser criança?

Pobreza e desigualdade profundas também determinam quem tem direito garantido à infância nas cidades brasileiras