Bemdito

Ideias para adiar o enlouquecimento do mundo

Leonor Brilha

A brutalidade do tempo presente convida ao escapismo, mas a vida pede coragem e enfrentamento

Vida e morte entre golpes

Henrique Viudez

Sobre as ausências que permanecem, como lembranças da vida não vivida

Fome, indiferença e solidão: a experiência com coisas reais

Cândido Portinari

O horror da fome escancarado nas ruas é um chamado para a ação e a mudança

Crianças que escrevem, leem, contam histórias e protestam

A ativista paquistanesa Malala Yousafzai (Foto: Southbank Centre)

Celebremos nossas crianças, nossas meninas que lançam ao mundo suas histórias

A aventura diária de não soltar as mãos da vida

Detalhe de tela da artista visual carioca Katia Wille

Reflexões sobre a palavra, o corpo e as pequenas distrações que os envolvem

Viajar sem sair do lugar

Detalhe de obra do pintor e desenhista Leonilson

Da supressão dos deslocamentos durante a pandemia, sobrevive o desejo de viajar e descobrir novos espaços

Você tem medo de quê?

Cena do filme "Onde vivem os monstros"

Para Lis, que enxerga no escuro, uma reflexão sobre medo e liberdade

WhatsApperização da vida

Ilustração: Nastya Ptichek (da pintura Summer Evening, Edward Hopper)

Ou como transformar limão em limonada

As cartas e o desejo entre tempos e linhas

Foto: Glória Diógenes

Do tempo em que as mensagens atravessavam dias entre o dizer e o ler

#NuncaDeuCerto ou deu certo pra quem?

Foto: @hastag.eu

Da gíria da favela ao apelo publicitário: a novela envolvendo a expressão “vai dá certo” explicada em três atos