Bemdito

Entre máscaras e beijos que ainda não dei

Il Bacio (Francesco Hayez, 1859) / Pinacoteca di Brera, Milan, Italy Bridgeman Images

A separação dos corpos causada pelo vírus e o avanço do fascismo cerceiam o erotismo e o derramamento uns nos outros

Tal vó, tal neta: tudo o que você precisa fazer é chamar o meu nome

Foto: Grandma Ruby and me (LaToya Ruby Frazier/The Photography Council Fund)

Um elogio ao tempo e às relações de parceria, cuidado e afeto que vão além dos laços de sangue

Entre o sagrado e o profano: ritos da rebeldia juvenil

Dos encontros entre um romance tido como pornográfico e os escritos sobre São Francisco de Assis

Quase nua, aguardo a visita das palavras

O despudor das palavras no ato da escrita é um ménage sensual bem mais que “à trois”

A alegria subversiva de se conservar vivo

Foto: Ahmad Odeh

Para quem não se abarca mais, um convite para ser a própria guerrilha, enxergar as miudezas, dançar e cantar alto

Medo da mistura com o outro: um vírus social

Outro vírus já nos acometia antes da pandemia, o do medo dos encontros – afinal, quão afastados vivemos dos olhos dos pobres e dos considerados malditos?

A estupidez do demônio e a esperteza dos vaga-lumes

Foto: Mike Lewinski

O reforço dos vínculos comunitários e a fé na solidariedade são as melhores estratégias para resistir à guerra

Rachadura entre céu e chão

Reflexões sobre mover-se em brumas em tempos de desconexão